Autocrítica

Os antigos chamavam de “desconfiômetro”.

O que não deixa de ser uma definição devida, pois pessoas que agem de maneira imprópria em qualquer situação nem desconfiam de que estejam sendo inconvenientes ou mal educadas.

Seu senso de oportunidade falha o tempo todo e elas fazem então, piadas inadequadas, dão opiniões sem serem solicitadas, riem quando a situação é trágica, falam palavrões em ambientes que não comportam tal procedimento, etc.

Não possuem o senso de autocrítica, tão importante em qualquer momento, por mais inocentes que pareçam.

Sempre tento pensar antes de emitir uma idéia de qualquer natureza a quem acabo de conhecer e evito defender pontos de vista para pessoas que pertençam a crenças diferentes.

Antes de falarmos sobre assuntos delicados, como religião, política e outras questões polêmicas, vamos fazer um esforço para nos calarmos.

Se não temos esse cuidado e essa autocrítica ou auto censura, estamos sempre sujeitos a criarmos uma imagem distorcida de nós perante outros. Assim, devemos ter cuidado antes de darmos opiniões levianas ou ofensivas.

Sejamos discretos ao emitirmos conceitos, sem parecermos donos da verdade.

A autocrítica é importante também no sentido de nos apresentarmos com roupa adequada em diferentes formas de eventos e ocasiões, pois não dá para ir a uma igreja, por exemplo, com a mesma roupa que iríamos usar para uma balada, uma festa cerimoniosa, um casamento ou outra cerimônia de caráter religioso.

Tento sempre me conscientizar das obrigações sociais, evitando falhas quando consigo ter a consciência de que estou falhando, e não me acomodo porque seja mais fácil.

Mas para isso, tenho a autocrítica aguçada para tentar agir corretamente.

Por exemplo, falar alto em um templo religioso, deixar que o celular faça os ruídos de chamadas, é algo imperdoável nos dias de hoje, pois não custa nada retirar o som, deixar vibrando somente para receber notícias que poderão ter alguma urgência, etc.

Tenho assistido em todas as cerimônias sempre algum toque inconveniente de celular, e a pessoa se torna alvo de irritação de toda a platéia, gemidos e risadas deixando no ridículo quem cometeu essa falta.

Para evitar situações assim, devemos nos auto-criticar, mas, claro, sem o fanatismo que não ajuda em nada absolutamente.

Com a precisão necessária à boa convivência, nossa vida se tornará com certeza, muito melhor, sem a irritação que acompanha qualquer tipo de reprimenda recebida.

Mesmo porque nenhum de nós tem prazer em receber criticas, ninguém gosta mesmo, então o remédio é usarmos o mais possível a autocrítica, e dessa forma evitarmos censura vinda de outras pessoas que nos cercam.

Importante não perdermos nunca a ocasião adequada para ficarmos calados.

A autocrítica é comportamento mágico e essencial para bons relacionamentos 🙂

Abraços e bom domingo,

Amanda

Anúncios

Publicado em agosto 3, 2014, em Inteligência Social e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. ” Estamos expostos à crítica como à gripe ” (Friedrich Durrenmatt ) , portanto critiquemo-nos antes!

  2. ” Estamos expostos à crítica como à gripe ” (Friedrich Durrenmatt ) , portanto critiquemo-nos antes!

  3. Homem, conhece-te a ti mesmo! A frase é usada desde Sócrates. Aparece inscrita em uma coluna em Delfos. E os egípcios afirmavam que aquele que conhecesse a si mesmo conheceria os deuses. Benjamim Franklin e Waldo Emerson afirmavam o quanto é difícil ao Homem conhecer-se a si mesmo. Pois, segundo eles, nós nos espelhamos em nosso semelhante, desejamos saber como eles se comportam para nos comportarmos de modo igual, Vem desta imitação a principal dificuldade de nos conhecermos, de sabermos quem realmente somos o que dificulta a autocrítica abs Regina.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s