Arquivo mensal: dezembro 2017

Renovação

Quando falamos em renovação, sempre nos referimos ao fato de conseguirmos nos reinventar, realizar coisas novas, renovar o que já temos, e assim podermos aproveitar tudo aquilo que conquistamos.

É ai que entram nossos amigos, que já fazem parte de nossa vida desde sempre e os que acabam de entrar em nosso ambiente, e conquistar nossa amizade, que vai se tornando muito preciosa à medida que o tempo passa e vamos constatando que podemos contar com as pessoas desse novo círculo.

Renovando amigos significa que vamos aumentando sempre nossas amizades, e à medida que o tempo passa, vemos que nosso círculo cresceu de maneira que nem havíamos percebido.

E isso nos deixa felizes e satisfeitos, ao tomarmos conhecimento desse grau de amizades, o que realmente nos surpreende, pois o fato é que nem havíamos percebido o grande número que havíamos atingido.

A renovação é algo sempre construtivo. Amigos novos trazem algo a nos ensinar, para que possamos viver com alegria.

Assim, devemos estar abertos a novas amizades, pois conhecendo pessoas, aprendemos cada vez mais.

Amigos, se soubermos valorizar, serão sempre motivo de renovação, idéias diferentes, criatividade de cada um que ajuda a podermos observar coisas novas, ângulos que ainda não havíamos visto, objetivos que não vislumbramos antes, e que poderão nos ajudar a desenvolver vários aspectos de nossa vida.

E é esse aspecto que quero hoje lembrar nesse nosso blog de ano novo que se aproxima e que passaremos a viver a partir de agora.

Desenvolver novas idéias, novos interesses, novas amizades, deverá ser um dos pontos que fará parte de nosso objetivo de vida, para alcançarmos cada vez mais resultados positivos em todos os sentidos.

Renovamos, neste final de ano, todos os nossos votos para que possamos colher sempre aquilo que plantamos no ano que passou, e que de agora em diante possamos realizar todos os desejos e que nossos anseios sejam atingidos.

E tentemos sempre renovar nossas intenções e fazer o bem, como dizia minha mamy, sem olhar a quem.

Com votos de bem estar e felicidade, mantendo bons propósitos em relação ao nosso próximo e aos nossos familiares, vamos renovar os desejos de um ano próspero, com novas conquistas, novas amizades e muito amor, paz e harmonia!

Abraços, renovados sempre 🙂

Feliz 2018!

Amanda

Anúncios

Escolhas

A escolha é, de uma forma geral, difícil de ser definida, pois é uma tarefa complicada conseguirmos escolher entre duas situações de aparente igualdade.

Ano Novo é um momento especial para repensarmos nossas vidas e escolhermos nossos caminhos e atitudes, que nos levem a uma vida saudável em todos os sentidos.

Nossas escolhas deverão ser sempre muito cautelosas e dirigidas a um propósito possível de ser alcançado, para não nos frustrarmos logo no início de nossa luta.

Devemos evitar de fazer escolhas que nos farão infelizes, caso alcancemos algum resultado.

Na área de negócios, a escolha fica entre lucros a curto prazo e manutenção ou aumento dos lucros a longo prazo.

É uma tarefa administrativa de difícil opção.

Conhecemos pessoas que escolheram de fato a profissão errada, algumas que têm pavor natural de lidar com doentes e que fizeram medicina, por exemplo.

Como será possível vencermos na atividade escolhida?

Ficaremos eternamente infelizes e frustrados por termos escolhido a profissão não adequada ao nosso temperamento, quando poderíamos vencer bravamente em outro tipo de atividade.

Assim, importante visualizarmos um objetivo claro em tudo o que nos propusermos. Uma pessoa sem objetivo seria como um barco sem leme e sem rumo determinado.

Se temos um propósito a alcançar, psicologicamente proporcionamos maior eficiência à nossa mente.

Importantíssimo termos uma meta, e sempre vemos pessoas que sabem exatamente o que desejam, mas algumas não parecem ter um objetivo, o que as inibem de terem qualquer plano no sentido de alcançarem um resultado ao qual destinaram sua luta.

Quando chegamos a efeitos pelos quais lutamos, seja em qualquer área de nossa atuação, nos sentimos vitoriosos, e por maior que seja a luta que venhamos a enfrentar, os resultados que desejávamos serão para nós motivo de alegria por termos enfrentado aquilo que nos parecia tão difícil.

Até mesmo para optarmos por algum tipo de divertimento, devemos ter o cuidado para que não nos cause aborrecimento ou decepção. Quem não gosta, por exemplo, de ir ao teatro ou ao cinema, melhor não ir.

Na verdade, passamos nossa vida fazendo escolhas, seja de quem vemos raramente ou diariamente, seja até mesmo com pessoas da família, com amigos e funcionários.

E muito importante também, a escolha que fazemos de nossos colaboradores, tenhamos em mente que serão as pessoas com quem mais iremos conviver, por isso a cautela na seleção deverá ser redobrada.

Independente de gostarmos, nem sempre para uma convivência diária, íntima ou não, nossas escolhas nos darão maior ou menor prazer, dependendo de várias características que todos nós possuímos e que seriam motivo de altercação, que poderia ser evitada.

Boas Festas e um Feliz e Próspero Ano Novo, com escolhas acertadas para nossa vida e de nossos familiares 🙂

Abraços

Amanda

Comprometimento

A nossa responsabilidade em relação a um tipo de atitude que devemos manter é algo de uma importância que nem sempre tomamos conhecimento, mas que pode acabar ou comprometer um relacionamento.

É algo muito sério nos comprometermos com alguém, seja no sentido comercial, social, ou até caridoso. Muito delicado e pode prejudicar uma amizade, seja ela de que âmbito for, social, amoroso ou profissional.

Portanto, temos que ter cuidado ao instituirmos um compromisso, pois muitas pessoas o fazem sem medir as consequências que uma falha desse tipo pode ocasionar.

Claro que nenhum de nós teria essa atitude propositadamente, mas por isso, temos que pensar bem antes de nos comprometermos, seja social ou profissionalmente, por menos importante que o achemos, talvez para a outra pessoa seja o principal.

Assim, pensemos bem antes de marcarmos algo para evitarmos alguma falha que possa gerar uma inimizade por toda a vida.

E, dependendo da pessoa que sofreu esse tipo de ofensa, podemos ter o desgosto de ser interrompida uma relação que nos deixava felizes.

Sempre pensando no nosso próximo, é a máxima que temos que cultivar, pois cada pessoa tem sua maneira de pensar e agir, e é o que devemos respeitar, o que talvez não fosse tão importante para nós, pode ser para o nosso próximo.

Por isso, consultemos nossos compromissos feitos anteriormente, procuremos não ter que adiar sempre ou cancelar por distração na marcação dos mesmos, pois nem sempre os outros teriam a compreensão ou mesmo o tempo disponível para trocar algo já estipulado previamente.

O comprometimento requer responsabilidade da parte de quem se compromete, seja na área profissional, amorosa, ou em qualquer outro tipo, que exija que as promessas sejam cumpridas.

Como dizia minha mamy, ninguém é obrigado a prometer, mas é obrigado a cumprir.

Portanto, vejamos bem antes de efetuarmos alguma promessa, seja para uma criança, que aprende a nos cobrar desde cedo, ou para um adulto, amigo ou profissional com quem estejamos lidando no momento.

O comprometimento no trabalho, na área profissional de qualquer atividade, é uma competência muitíssimo valorizada nas empresas e influi para a conexão institucional entre uma pessoa e uma organização.

Sem nos esquecermos da área afetiva, que cria um compromisso escolhido pelas duas partes, seja familiar, entre amigos, funcionário e patrão, e que se torna muito importante com o passar do tempo, um contando sempre com o outro na atividade à qual se dedicaram e, muitas vezes, cresceram juntos.

E onde o comprometimento é essencial.

A responsabilidade de cada um já é uma fator que auxilia no cumprimento de compromissos assumidos diante da ética e da moral que viemos aprendendo durante nossa vida.

Abraços e bom domingo, com respeito e cumprimento de deveres estabelecidos 🙂

Amanda

Negligência

Pode ser definida como uma falta de cuidado, desatenção naquilo que está sendo idealizado ou já feito em algum setor da nossa atividade.

Na verdade, muitos definem negligência como um descuido, falta de atenção e de aplicação ao realizar uma tarefa, enfim, uma irresponsabilidade.

Na área jurídica, negligenciar é tido com um ato de omitir ou de esquecer algo importante que deveria ser dito ou feito, até mesmo no sentido de evitar que algo possa produzir lesão ou dano a outra pessoa.

Uma conduta negligente pode implicar em um acidente grave, com riscos para a própria pessoa e para terceiros, pois sem atenção, estaremos sempre sujeitos a acidentes para os quais nunca estamos prevenidos, e, às vezes, com risco de vida, que não pudemos evitar.

Tudo que podemos prevenir no sentido de não termos um acidente, um mal estar na convivência entre amigos e familiares, será sempre oportuno, pois, muitas vezes, o que fazemos e do qual nos arrependemos, ficamos sem condição de mudar no sentido de melhorar uma situação já existente.

Se interpreta a negligência como um descuido, mas, por isso mesmo, podemos tentar evitá-la, se nos cuidarmos para que tudo o que planejamos e / ou desejamos, transcorra da maneira como gostaríamos que fosse.

Assim, devemos nos atentar para tentarmos marcar tudo que nos propomos fazer, marcarmos nossos compromissos atentamente e com antecipação e não nos darmos a chance de nos esquecermos de algo que seja importante para nós e para nossos circunstantes.

A preocupação sadia faz parte de nossa convivência com nossos familiares e amigos que fazem parte de nossa vida diária, e também de nossa vida profissional, para conseguirmos cumprir tudo a que nos propusermos, seja na vida pessoal ou profissional.

Dessa forma, provavelmente conseguiremos todos os nossos objetivos.

Por isso devemos prestar muita atenção a tudo aquilo que faz parte de nossa vida, e os compromissos, sejam eles sociais, profissionais ou financeiros, devem ser cumpridos afim de que cheguemos aos resultados que estaríamos esperando e ou desejando.

Negligência é o tipo de característica que temos que evitar a qualquer custo, pois só poderá nos trazer desgosto e problemas de convivência.

É fácil não sermos negligentes, única providência será marcarmos o que planejamos, ter uma boa agenda que será uma grande companheira, e treinarmos sempre a pontualidade.

Com isso, conseguiremos vencer se tivermos alguma pequena tendência à negligência, pois não somos perfeitos e quanto mais pudermos nos prevenir para errarmos o menos possível, melhor será nossa vida pessoal, familiar, social e profissional.

Com certeza!

Abraços e bom domingo 🙂

Amanda

Receptividade

Uma coisa é certa, se estamos receptivos para aceitarmos amizade, orientação, cuidados que damos ou recebemos, nossa vida será mais fácil e podemos nos dar melhor com nosso próximo, e fazer, dessa forma, novos contatos que poderão se transformar em amizades duradouras.

Devemos também estar prontos a receber novas performances, seja através da arte, da música, de todas as formas de expressão que nos são apresentadas, e assim podemos sempre estar estendendo nosso conhecimento e nossa cultura, seja em que âmbito for.

Mesmo quando ouvimos opiniões não especializadas, muitas vezes nos são transmitidas idéias e sugestões interessantes e aproveitáveis de pessoas leigas no assunto, mas com uma lógica irrepreensível que cabe exatamente onde tínhamos alguma dúvida.

Minha mamy era um exemplo de lógica, pois sempre que conversávamos sobre algo a resolver, sua praticidade e inteligência apresentavam uma solução adequada para o assunto em questão.

Por isso digo que não se deve desprezar um ponto de vista, mesmo não emitido por alguém especializado no assunto que se estaria discutindo naquele momento, pois essa opinião pode ser de extrema utilidade para aquela ocasião.

Se formos receptivos, estaremos sujeitos a conhecermos gente muito interessante, usufruirmos de culturas diferentes da nossa, costumes seguidos por outras pessoas oriundas de diversas raças, o que é extremamente importante nos nossos relacionamentos.

E aprender é algo que nos diferencia e nos dá a oportunidade de cultivarmos as amizades mais diversas, com pessoas de raças diferentes, com quem provavelmente aprenderemos sempre mais e mais.

Sabemos que cultura nunca é suficiente, pois não terminamos nunca de receber e assimilar informações sobre origens, costumes, maneira de viver de cada um, artes diversas de países que mesmo sem conhecermos, passaremos a apreciar, e principalmente, aprender.

E, como diziam meus pais, aprender não ocupa lugar.

Só que, realmente, para aprender, precisamos estar receptivos e procurarmos escutar; sempre temos a algo a assimilar.

Assim como devemos ter receptividade a novas mudanças, pois nem sempre temos as condições de prevê-las, e estarmos preparados para essa condição facilita nossa maneira de viver.

Se somos receptivos, por exemplo a novas amizades, seremos sujeitos a aprender, a transmitir conhecimento, a participarmos de novas idéias que não teriam nos ocorrido.

Para isso, devemos também cultivar nossa humildade, afim de reconhecermos o quanto temos que aprender com o nosso próximo e a receber novas informações que poderão colaborar para nosso crescimento, cultural e emocional.

Abraços e bom domingo, e sejamos sempre receptivos para conseguirmos incrementar nossa vivência e aprendizado 🙂

Amanda