Arquivos do Blog

Se não me fará feliz, não valerá a pena.

Devemos fazer sempre uma análise mesmo detalhada do que usamos em nossa casa, desde os objetos de uso pessoal até produtos como louças e utilitários.

E importante mantermos essa análise em tudo, seja no estudo do assunto em pauta, ou no sentido prático da atividade que estivermos focalizando naquele momento.

Se evitamos o erro de julgamento ou de análise da questão, ficaremos mais felizes com as consequências que poderão advir das decisões que tomamos e que poderão trazer mudanças, muitas vezes importantes e que nos tragam resultados justamente até mesmo valiosos.

Ao avaliarmos as possibilidades podemos nos prevenir ou evitar alguns resultados, caso cheguemos à conclusão do que não seria o melhor para todos nós.

Assim, devemos analisar bem também sobre a possibilidade de situações em que, mesmo nos fazendo felizes, venham a prejudicar o nosso próximo.

Portanto, importante procurarmos entrar em ambientes que nos tragam novidades para nosso conhecimento, e que possamos utilizar.

Se pensarmos bem, muitas vezes, encontraremos soluções que nem havíamos pensado antes e que podem levar a resultados muito bons para nossa vida, tanto social, quanto profissional.

E que nos façam felizes, o mais importante!

Abraços e bom domingo 🙂

Amanda

PROVOCAÇÕES

Quando falamos em provocações, sempre passamos a nos lembrar de alguma vez em que fomos instados a emitir uma opinião, até mesmo sem conhecermos profundamente determinado assunto que esteja sendo discutido naquela ocasião.

Ou somos aventados em questões que interfiram em nosso humor, mesmo que não tenha sido proposital da parte de quem nos indagou, pois muitas vezes as pessoas nos provocam sem que tenham tido essa intenção.

Por isso, sempre que discutimos uma ideia nova, devemos nos cuidar para que consigamos atingir os valores de quem nos rodeia, dos que fazem parte de nosso grupo, para que possamos despertar interesse em negócios, ou pessoal.

E quem sabe adquirirmos novos lucros, tanto de conhecimento quanto os financeiros, nunca se sabe.

Se provocamos interesses de outras pessoas para algo que estejamos realizando, podemos ter boas surpresas, tanto do ponto de vista pessoal, quanto até mesmo comercial.

Mas não devemos ter somente interesses financeiros ao nos associarmos a outras pessoas, ao contrário, a amizade pode nos trazer tantas boas oportunidades, que, muitas vezes, chegam a surpreender.

Depende de nós conseguirmos provocar em nosso próximo um interesse que nos traga vantagens e essas não são somente no aspecto financeiro, mas muitas vezes novos conhecimentos.

E tudo isso pode ser no aspecto pessoal ou emocional, o que pode nos proporcionar um prazer se recebido com carinho e sinceridade.

Por isso, provocarmos emoções de maneira sincera, se torna uma forma de amor incomparável.

Abraços e um ótimo domingo 🙂

Amanda

Diversidade

Quando falamos em diversidade, pensamos em obtermos sempre acordos, apesar da diferença de opiniões, atitudes, etc.

E nossa principal preocupação é conseguirmos uma composição acertada, pois um acordo deve ser sempre muito bem estudado e calculado.

Temos que nos cuidarmos quando tratamos de algum acerto proposto, calculando todas as possibilidades, para não termos prejuízos desnecessários.

Assim, as diversidades devem ser estudadas e consideradas para evitarmos que as partes sejam prejudicadas e, muitas vezes, sem possibilidade de acerto posterior.

Os estudos devem e têm que ser atentos para sentirmos até mesmo a necessidade de algum acerto que esteja sendo necessário.

E para evitar que façamos um juízo primário e injusto a respeito de alguma proposta que esteja sendo feita com a intenção de nos ajudar.

Não nos esquecendo que, mesmo com opiniões diversas, podemos aprender e fazer um raciocínio novo sobre o que nos esteja sendo proposto, desde que sejamos humildes.

Não devemos ser, em princípio, de opinião contrária ao que esteja sendo exposto sem observarmos com cuidado a proposta que nos esteja sendo feita.  Mantendo, assim, a boa vontade de estudarmos e conseguirmos discutir de comum acordo o custo e a possibilidade de resultados que queremos alcançar.

Não nos esqueçamos de que a diversidade, muitas vezes, pode nos trazer informações importantes e nos ajudar nos benefícios que estivermos desejando.

E lembre-se que diversidade pode nos trazer conhecimento! Importante é estudarmos e termos o cuidado de análise.

Abraços e bom domingo 🙂

Amanda

PERMITA-SE

Na verdade, devemos sempre nos cuidarmos quando iniciamos algum tipo de matéria escrita, pois ao expormos nossas ideias, temos que nos lembrar de que elas serão expostas a pessoas de diferentes idades e profissões.

Sem nos esquecermos de nos permitirmos expor nosso raciocínio não só aos nossos amigos e superiores, mas principalmente, aos nossos funcionários, sempre com sinceridade e com os possíveis efeitos ocasionais que possam ocorrer.

E assim, estarmos prontos também a aceitarmos mudanças sugeridas ao consultarem nossas sugestões, pois não temos condições de verificarmos todos os tipos de personalidade e disposição de todos que participam.

Por isso, o respeito é muito importante, pois mudanças trazem inovações, que podem auxiliar na nossa criatividade e até mesmo na realização de tudo o que tivemos a ideia de propormos.

Mas para isso, devemos permitir cultivar nossa humildade, no sentido de conseguirmos aceitar opiniões novas que nos chegam e que podem, até mesmo, nos ajudar na realização do que estamos propondo na ocasião.

Importante mantermos a humildade de ouvirmos e discutirmos com quem tenha nos sugerido alguma mudança, pois se formos humildes conseguiremos resultados que não teríamos previsto anteriormente.

Podemos, assim, sem egoísmo e orgulho, aprender algo que não tínhamos antes o conhecimento daquele determinado assunto que tenha sido abordado – se nos permitirmos.

E permitirmos opiniões e mudanças com humildade é um dos segredos para vencermos na vida, tanto social, quanto profissional e culturalmente.

Abraços e um ótimo domingo 🙂

Amanda

Agradar

Sempre que falamos em agradar alguém, já começamos a imaginar de que forma podemos fazer com que essa pessoa se sinta feliz com o que podemos lhe proporcionar.

E isso pode ser no setor particular ou empresarial, dependendo do que estamos focalizando naquele momento.

Na área particular, pensamos sempre nos familiares que nos rodeiam, e aos quais teremos prazer em constatar sua felicidade e realização, tanto no setor particular quanto no profissional.

Se tivermos a capacidade de ajudar nosso próximo, sejam nossos parentes ou amigos que nos solicitam, isso já seria uma forma de agradar, pois toda vez que ajudamos numa realização, constatamos a felicidade que as pessoas externam.

E que, normalmente nos deixam saber, o que nos faz realizados, pois sempre que podemos auxiliar alguém a ultrapassar seus problemas, isso nos torna felizes e, de certa forma, realizados.

Por isso, importante o diálogo, para que possamos ajudar quem necessita, e que, muitas vezes, tenhamos até mesmo tido uma experiência naquilo que nosso próximo esteja precisando.

Uma palavra de consolo ou de incentivo a respeito do que a outra pessoa esteja enfrentando pode servir para ajudar efetivamente na solução de algum problema que esteja sendo apresentado naquela ocasião.

Por isso, temos que cultivar a nossa humildade e, se temos a oportunidade, apresentar nosso problema a amigos que possam nos ajudar de alguma forma.

E também devemos ser sempre agradáveis ao ouvir seus problemas, para que se sintam à vontade para nos solicitar.

Se podemos auxiliar alguma pessoa amiga a se resolver,

ficaremos felizes, com certeza!

Abraços e ótimo domingo 🙂

Amanda