Recaídas

Li uma vez e concordo, que temos que cultivar nosso ânimo e nossa paciência conosco mesmos, nas nossas recaídas.

Concordo, pois todos temos a possibilidade de recair, tanto cometendo as mesmas falhas de antes, como em tomar atitudes que não deveríamos naquele momento e, que fugindo ao nosso controle, repetimos.

Sabemos, e temos a consciência de que seríamos inoportunos, e de novo retomamos a mesma postura, nos sujeitando a consequências, muitas vezes, desastrosas e prejudiciais a nós mesmos.

Devemos evitar situações de angustia para que não cheguem as recaídas cada vez que uma ocasião de transtorno ou de fracasso se apresente e não tenhamos a capacidade de administrar e nos dominarmos.

Tomemos consciência de situações que podem nos provocar e acentuar recaídas de tristeza ou de sensação de dificuldade na resolução de problemas em nossa vida.

Temos que evitar essas ocasiões, como viver com pressa, cansaço excessivo sem necessidade e que muitas vezes não leva a nada, como ir de evento a evento, e com esse tipo de atitude nos desleixarmos de nós mesmos, nos esquecendo de um descanso necessário para a renovação das forças físicas, mentais, emocionais e espirituais.

Ter essa consciência já será meio caminho andado.

Devemos nos dedicar a fazer o que nos dá prazer e não nos escravizarmos, sem resultado, a trabalhos que não levam a realização pessoal.

Muitas vezes, fazemos tudo o que os outros querem e nos esquecemos de nós mesmos e isso poderá ser repetitivo, se não houver uma análise prévia, afim de que tomemos atitudes que nos façam felizes.

E repetimos e recaímos, e fazemos tudo novamente igual.

O que estaria faltando?

Uma análise intima, escutar nosso corpo e suas reações, escutar-nos a nós mesmos, pois a mensagem chega, mas precisamos nos dispor a decifrá-la e escutá-la, pois ela pode se manifestar de várias formas, no espírito, no nosso modo de agir, e principalmente no nosso corpo, provocando mesmo mal estar físico.

Se ouvimos nosso corpo, evitaremos, com certeza a recaída.

Não devemos ter medo e sim, trabalhar nossa readaptação no sentido de combater as recaídas, sejam elas de que âmbito pertençam, pois são sempre prejudiciais e quando as temos, estamos sempre recomeçando, nos revendo, o que também não deixa de ser importante no sentido de dominá-las.

E com isso, sofremos menos.

Reciclar e readaptar são palavras mágicas, que se usamos seus conceitos, teremos a possibilidade de evitarmos as danosas recaídas, que nos trazem, na maioria das vezes, muito sofrimento e frustração.

Elas deveriam ter apenas uma função. Se tivermos a capacidade de reconhecê-las, elas podem se tornar um aprendizado, pois temos que colocar nossa força de vontade com intensidade, afim de evitarmos o fracasso do desígnio e da intenção a que nos propusemos.

A força de vontade é imprescindível, o que significa uma auto-disciplina muito grande para alcançarmos os resultados que desejamos.

Cair, estamos sujeitos; recair, vamos lutar e evitar.

Abraços e bom domingo 🙂

Amanda

Anúncios

Publicado em junho 21, 2015, em Inteligência Social e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Amei Amanda, estou sempre utilizando destes textos para orientar as pessoas que estão precisando de ajuda.

  2. Amanda, vc tem razão, mas é bastante difícil não ter uma recaída em todas as atitudes que tomamos na vida. Deve-se ficar muito alerta, aí sim talvez consigamos controlar nossas emoções

  3. Oi querida:
    Sua experiência e sensibilidade mostram caminhos viáveis para vivermos melhor.
    Recaídas são inevitáveis.
    Seja por absoluta falta de controle de nossas forças, seja por absoluta falta de escolhas ou perspectivas.
    O prefixo “RE” é usado para expressarmos repetição, renovação, ressurgimento etc.etc.
    Assim, nem toda recaída é má, pois podemos ter uma recaída de felicidade, de alegria e até mesmo de um grande amor.
    É um processo básico em nossa formação.
    Precisamos vivencia-lo para nosso crescimento e amadurecimento.
    Recair e levantar, em qualquer situação, nos coloca de pé, traz lucidez, conteúdo e profundidade.
    Estratégias de auto controle são medidas eficazes.

  4. Imoressionante … Como você entende a natureza humana …

  5. Amiga querida
    Já de volta a SP posso apreciar melhor os teus lindos textos, sempre repletos de sabedoria e ótimos conselhos! Acho que recaídas fazem parte da essência do ser humano! Ah se fôssemos perfeitos! Talvez seríamos mais felizes! Quem sabe? Mas, vamos tentando na medida do possível não cair nas mesmas ciladas pessoais que tantos danos nos acarretam! E tentar lembrar sempre que o dia de amanhã pode e será sempre melhor e mais feliz se colaborarmos para isso!
    Grande beijo e muitas saudades! Sueli

  6. Cristina Targa Ferreira

    Obrigada Amanda! Adorei!! bjs Cristina Targa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s