Arquivo diário: outubro 27, 2013

Harmonia

Harmonia, para mim, é bem estar no sentido mais puro e amplo.  Significa estar bem consigo mesmo e com todos ao seu redor.

Não sei viver sem harmonia.

E encontro essa simetria também na música.

Cresci com meu pai tocando piano e violão em casa, sempre incentivando minha pretensão de cantar, que até hoje tenho.

A harmonia musical é mágica.

Quando escutamos uma orquestra, percebemos imediatamente a sincronia e sintonia de todos os instrumentos, evidentemente estudados com critério e persistência.

Acabei de assistir um maravilhoso exemplo de harmonia em um programa de televisão, onde havia a participação de uma orquestra sinfônica, sob a regência de um conhecido e excelente maestro.

No mesmo programa, em total harmonia, participavam grandes cantores da música popular, que se apresentaram junto com os cantores da orquestra.

Foi uma alegria emocionante que a platéia sentiu e um exemplo de integração, onde o que importava realmente ali era o gosto pela arte musical, a qualidade da escolha e, principalmente, a idéia dessa “simbiose” tão perfeita.

E como na música, harmonia é primordial também na nossa convivência diária, seja com os parentes com quem vivemos, seja com amigos, funcionários, colegas de trabalho ou simples conhecidos.

Mesmo que esse encontro seja rápido e ocasional, seja num teatro, cinema ou em outro local público, busco sempre aquela harmonia musical da infância em tudo que faço e com todos que cruzam meu caminho.

De fato, se pensarmos bem, tudo em nossa vida está ligado a harmonia, seja harmonia de cores, de sons, de imagens, de lugares, de gostos, de pessoas ou de ambientes.

Claro que existe a idéia sempre citada, de  que “os opostos” se atraem.

Pode até mesmo ser uma grande verdade, pelo encantamento inicial da novidade, mas conviver com “opostos”, muitas vezes, dificulta a convivência harmônica, pois o dia a dia nem sempre é uma festa constante.

Sempre enfrentamos desafios  em diversas áreas, tanto financeira, quanto de saúde, de maneira diferente de viver em qualquer sentido.

Nesse caso, na primeira dificuldade, quando não há harmonia, sintonia ou sincronia como numa orquestra, pode surgir o desentendimento natural pela visão diferente que cada um de nós tem da vida e soluções aos problemas que surgem, pois nossa maneira de viver geralmente influencia nossas decisões.

A harmonia é essencial para nossa capacidade de ação em momentos difíceis e primordial para nosso bem estar diário.

Buscar viver em harmonia com nossa família, nossos amigos, nossos circunstantes de maneira geral talvez seja um dos maiores segredos da inteligência social.

Recebam meu abraço harmonioso 🙂

Bom domingo.

Amanda