Crença

Crença é uma palavra que define uma certeza sobre o que acreditamos ou passamos a acreditar, é a ação de crer na verdade ou na possibilidade de algo.

E é também a fé que temos, seja na religião, numa pessoa, num acontecimento, e o que essa fé pode nos trazer de confiança e bem estar em muitas ocasiões, e em muitos ângulos de algum episódio que estejamos vivenciando naquele momento.

Tudo depende mesmo do que estaremos tratando, pois a confiança não se impõe, e sim é algo pessoal e íntimo de cada um de nós.

Crer é um exercício de certeza que passamos a ter em alguém ou em empresas que conquistam essa confiança com o passar do tempo e desde que seus negócios tragam o índice de honestidade necessário para que sempre se cumpra o prometido anteriormente.

A crença é a própria ação de crer na verdade ou na possibilidade de uma determinada coisa ou acontecimento, em algo enfim, que nos seja apresentado.

É a convicção de que é verdadeiro e certo, mas não deixa de ser uma avaliação pessoal, baseada em fatos vivenciados ou ouvidos de alguém que os tenha vivido.

Como a crença reflete tudo aquilo em que se acredita como sendo a verdade para algumas pessoas, precisamos eliminar as influências negativas e estimular as positivas, para que possamos pelo menos tentar resultados que nos façam felizes e realizados.

Já a crença religiosa tem outra interpretação, baseada em uma verdade maior, indiscutível, e portanto, diferente da racional, não sujeita à razão.

Ou a possuímos ou não.  Os princípios religiosos geralmente são firmes e estáveis.

Mas existem vários tipos de crenças, e elas refletem normalmente nossas ações, emoções e nossos pensamentos, por isso, devemos tentar eliminar suas influências negativas e incentivar as positivas, pois são representadas pelas idéias que vimos, ouvimos e que acabaram se tornando a verdade para nós.

Muito cuidado temos que ter para não estimularmos as crenças limitantes, que normalmente são os pensamentos, as interpretações que tomamos como verdadeiras e que no fundo podem ser falsas.

Claro que muitas vezes, elas podem nos proteger nos momentos de incerteza, nos guiar e mesmo contribuir para nossa estabilidade e coerência interna.

Só que temos que nos cuidar para conhecermos o controle de determinada crença, delimitá-la ou até mesmo eliminá-la nos casos em que pensamos que seja uma influência negativa, ou transforma-las em positivas para fazer nossa vida sempre melhor.

O mais importante é aprendermos  a detectar as crenças que podem se refletir no nosso comportamento e portanto, muitas vezes, influir em nossa vivência diária e em comunidade.

Abraços e bom domingo, incentivando em nós mesmos sempre, crenças positivas, e que possam servir para ajudarmos nosso próximo 🙂

Amanda

Publicado em fevereiro 10, 2019, em Inteligência Social e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s