Bom Senso

Realmente, temos que nos policiar sempre para usarmos o bom senso durante toda nossa vida, pois sem ele corremos o risco de errarmos em algum julgamento, e ficarmos sujeitos a agirmos de maneira incorreta em ocasiões, muitas vezes sem retorno.

Por isso, sempre que vamos tomar alguma atitude, paremos para pensar se aquela será adequada, se a ocasião é correta para aquele tipo de ação, pois com frequência não temos como consertar algo onde agimos intempestivamente.

Não é fácil, e nem sempre paramos para raciocinar se aquela é a maneira mais adequada para aquele momento, mas façamos sempre um esforço íntimo para tentarmos agir com equilíbrio e boa vontade, e assim evitarmos um mal estar que poderia ser provocado por uma atitude impensada.

E, se incorrermos no erro de não pensarmos antes de qualquer ação que empreendamos, podemos estar arriscados a não termos a chance de corrigirmos algo que tenhamos chegado à conclusão de que deveria ter sido feito de maneira diferente.

Assim, melhor mesmo usarmos nosso raciocínio e pensarmos bem antes de iniciarmos algo, para termos a certeza de estarmos tomando atitudes corretas em relação aos fatos do momento.

Quando dizemos que o indivíduo agiu com bom senso, significa que utilizou de argumentações e atitudes racionais para fazer julgamentos e escolhas o mais acertadas possível.

Como disse um grande filósofo, o bom senso é a capacidade de achar o meio-termo em nossas decisões e atitudes, e encontrarmos a forma mais correta de agirmos em qualquer situação que nos é apresentada.

E nos lembrarmos de que o bom senso nem sempre se iguala ao senso comum, pois este pode refletir, muitas vezes, uma opinião errônea e preconceituosa sobre determinado assunto. O bom senso é ligado a idéia de sensatez e a capacidade de conseguirmos distinguir a melhor forma de conduta em cada situação.

É uma forma de agir e se comportar que não é afetada pelas paixões e sim pautada na razão e no equilíbrio. Quando dizemos, “eu não faria isso por uma questão de bom senso”, estamos nos referindo à capacidade de quem costuma tomar decisões de maneira sensata, equilibrada, ponderada. É a capacidade que temos ou aprendemos para distinguirmos o verdadeiro do falso, de pensarmos antes de agir.

Ao usarmos do bom senso, estamos exercitando nossa sensibilidade, reconhecendo o momento que devemos agir, de acordo com a ética, para não sermos desonestos e injustos.

Não somos obrigados a tomar uma série de atitudes, como ceder um lugar, oferecermos nossa ajuda a alguém mais velho, mas fazemos isso porque usamos nossa educação e principalmente nosso bom senso.

Abraços e bom domingo, usando nosso sentimento de ajuda ao próximo e o bom senso para distinguirmos a ocasião adequada afim de que nossa atitude seja acertada sempre 🙂

Amanda

Anúncios

Publicado em outubro 22, 2017, em Inteligência Social e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. “…o bom senso nem sempre se iguala ao senso comum”. Essa sua observação é CRUCIAL !

  2. Sim, acima das paixões , com equilíbrio , uma qualidade que poucas mulheres tem…

  3. Super bom !👏👏🌷😘

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s