Reveses da vida

Quando falamos em acontecimentos tristes ou desagradáveis em nossa vida ou na de nossos parentes e amigos, estamos sempre nos referindo a acontecimentos, muitas vezes, sem retorno ou sem condições de serem alterados.

E isso independe mesmo de nossa luta e de nossa vontade, como saúde, e reveses referentes a negócios, empreendimentos mal planejados, e cujos resultados nos aborrecem e trazem consequências inesperadas.

Claro que o pior revés que sempre tememos enfrentar é o referente a saúde, nossa ou de pessoas a quem queremos bem, e que, portanto, nos preocupa e nos entristece.

Por isso, devemos sempre lutar, no sentido de não nos aborrecermos com eventos ou momentos que podem nos trazer tristeza, até pela nossa incapacidade de solucionar. Assim, mesmo em ocasiões difíceis, devemos fazer o esforço no sentido de tentarmos amenizar uma situação que pode se tornar insolúvel, dependendo de nossa postura e tomada de posição.

Nessa hora, temos que colocar nosso raciocínio em primeiro plano, afim de enfrentarmos os reveses que a vida nos impõe, e sobre os quais não temos a mínima influência.

Lembremo-nos: o que não podemos modificar, temos que vivenciar e tentar resolver, preferivelmente de cabeça fria para não colocarmos tudo a perder, e darmos uma solução inadequada.

Quando nos chegam reveses duros de enfrentarmos, como a doença de um ente querido, uma ruína financeira, e outros momentos de difícil solução, tenhamos fé e invoquemos nossa força de vontade para vencermos os problemas que se apresentarem.

E, principalmente, procurarmos manter a calma, para que todas as soluções que encontrarmos sejam as ideais, e não nos tragam mais problemas ainda.

Muito cuidado temos que ter para não envolvermos as pessoas queridas, que nada teriam a ver com os nossos problemas, e que, por conseguinte nada poderiam fazer para nos ajudar.

Os reveses chegam sem nos avisar, evidentemente, mas se colocarmos nossa atenção, quem sabe algum problema possa ser previsto e assim diminuirmos a sua gravidade, e anteciparmos, dessa forma, alguma solução partindo de uma prevenção.

Pois, como sempre se diz, muitas vezes é melhor prevenir que remediar.

Grande verdade!

Claro que devemos tentar estarmos prevenidos contra as tristezas que a vida nos traz, mas sem demonstrarmos ou transferirmos para outros os nossos problemas.

Principalmente para quem nada poderá fazer para nos aliviar.

Lembrando o velho ditado, se conselho fosse bom, não seriam dados, e sim vendidos.

Mas não vamos generalizar, pois dentro de nossa maturidade emocional, e com raciocínio acima de tudo, devemos procurar ouvir as pessoas de nossa confiança, nossos pais, que sempre desejarão o melhor para nós.

Importante sempre é tentarmos resolver e lidarmos com alguns reveses de nossas vidas da melhor maneira possível para evitarmos maiores aborrecimentos 🙂

Abraços e um ótimo domingo,

Amanda

Anúncios

Publicado em junho 4, 2017, em Inteligência Social e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Os reveses quando superados dão-nos o sentimento de que, através deles, fortalecemos nosso carater, e adquirimos um pouquinho mais de sabedoria. Beijos e boa semana, querida!

  2. Li o texto em um dia absolutamente reflexivo.

    Reveses existem. É preciso lidar com eles e seu texto indicou caminhos eficientes para isso.

    Bom domingo. Direto de São Paulo, Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s