Ímpeto 

Quando falamos em ímpeto, sempre nos vem à mente uma postura de atitude repentina, sem pensarmos. Mas nos lembremos que quando agimos dessa forma, corremos o risco de nos arrependermos depois.

Portanto, devemos sempre tomar cuidado com postura impetuosa.

A palavra rompante é sinônimo de ímpeto, precipitação, por isso pensar antes de agir poderá ser de grande valia em todos os momentos de nossa vida, pois podemos não encontrar a solução que procurávamos, se não usarmos o raciocínio.

Agir impetuosamente é correr sempre o risco de cometer erros, e muitas vezes, irreparáveis, de qualquer ponto de vista que estejamos cogitando, seja física ou emocional.

Claro que temos nossas emoções, mas, por isso mesmo, nosso raciocínio deverá ser ou tentarmos que seja, o mais racional possível, para que evitemos consequências desastrosas, impossíveis de serem alteradas.

Não adianta, depois de atitudes impensadas, nos arrependermos, mesmo porque, na maioria das vezes em que agimos sem pensar dificilmente teremos a chance de consertar um contato social ou profissional, uma amizade.

Assim, conter nosso ímpeto é algo que temos que praticar todo o tempo, seja na área profissional ou pessoal.

Como ímpeto pode também significar um sentimento intenso momentâneo, devemos tomar muito cuidado para que essa emoção não tome conta de nós.

Tentemos encarar nossos problemas de maneira a termos o sangue frio para enfrentá-los com seriedade, discrição, afim de que possamos encontrar a solução ideal, e que seja o melhor para todos os envolvidos.

Mesmo porque a intensidade de um impulso pode ocasionar transtornos que se seguem a alguma atitude arrebatada e que aconteceu sem raciocínio prévio.

Claro, o entusiasmo é algo construtivo, e nos leva, muitas vezes, a realização de idéias que se transformam em atos positivos, então é aí que entra o raciocínio, para que possamos dominar nosso impulso e sabermos que essa atitude não significa acovardamento, e sim precaução.

Procuremos, assim, usar a cabeça, para que nosso corpo não pague caro.

Vamos, portanto, cuidar para que o ímpeto seja acompanhado de raciocínio, afim de evitarmos atitudes que passem a dificultar nossa vida.

Abraços e bom domingo, sem atitudes impetuosas, e pensando sempre, antes de agirmos 🙂

Amanda

Anúncios

Publicado em abril 9, 2017, em Inteligência Social e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Parar de se orgulhar da impulsividade, privilegiar a razão …

  2. Muito bom!!! As always!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s