Estar Presente

Estar presente é a possibilidade de uma pessoa ou algo que desejamos ou precisamos estar disponível.

Claro que, muitas vezes, não poderemos estar disponíveis sempre que gostaríamos, mas na medida do possível, devemos nos colocar na posição de conseguirmos servir a quem de nós precisa, e que nos solicita em situação de necessidade.

Se não for possível, de nossa parte, atender a solicitação que nos é feita, pelo menos deveríamos tentar diminuir e amenizar alguma situação de angústia e de necessidade que nos é apresentada.

Mesmo porque ninguém solicita auxilio, seja material ou espiritual, sem a necessidade, pelo sentimento de humilhação que isso representa.

Quanto mais presentes estivermos, melhor será nosso futuro como um todo, a convivência com nosso próximo, cuidando sempre para que nossa presença — e influência — não seja algo negativo, para quem nos rodeia.

E devemos nos policiar para não estarmos presentes somente em situação de desgraça ou tristeza, mas também em ocasiões de comemoração de datas significativas, aniversários, homenagens recebidas e outras.

Claro que numa ocasião de tristeza se torna imprescindível nossa presença, pois um abraço pode consolar, e mesmo sem uma palavra dita, um aperto de mão se torna imprescindível.

Estamos assim colaborando para amenizar um momento complicado ou criando condições para uma possível mudança numa situação de difícil solução.

Mas devemos ter a consciência da diferença entre estar presente ou ter presença, pois estar presente em algum local é algo estático, enquanto a presença é condição participativa, é a relação entre nosso “Eu” interior com o mundo exterior.

Enquanto alguns estão “presentes”, outros têm “presença”, quer dizer, têm um poder transformador, uma integração perfeita com o mundo exterior, pois uma pessoa com “presença” marca inevitavelmente com suas idéias e realizações.

Assim, muito importante tomarmos cuidado para não estarmos simplesmente presentes, nosso corpo pode estar lá, e nossas idéias e nosso espírito estarem bem distantes.

Nesse caso, em nada ajudamos, se formos solicitados.

Esse é o cuidado que precisamos ter para não nos desconectarmos da realidade de orientação dos que nos necessitam e que esperam de nós nossa presença, e não simplesmente estarmos ali presentes.

Portanto, vamos nos lembrar de que presença deverá ser sempre algo participativo!

Abraços e bom domingo, valorizando nossa presença para que ela também seja valorizada devidamente 🙂

Amanda

Anúncios

Publicado em fevereiro 5, 2017, em Inteligência Social e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Exelente blog como sempre querida ! Vc sería perfecta como Educadora Social a parte de todo que es ! Te admiro muito , Saudades e todo carinho para vc 💋❤

  2. Amanda você como sempre tocando em pontos super importantes, principalmente neste momento onde ” estar presente” é cada vez mais raro nesta nossa era virtual!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s