Não Vale a Pena

Em primeiro lugar, nossos votos de felicidade e realizações neste primeiro blog de 2017.

Que todos os nossos leitores possam ter um ano produtivo, saudável, amizades que se iniciem e outras que se mantenham através dos tempos.

Ao iniciar este novo ano, deveremos ter em nossa mente o desejo de mantermos os amigos que fizemos ao longo de nossas vidas e incrementarmos e valorizarmos as novas amizades, pois temos sempre muito a aprender, desde que desenvolvamos nossa humildade e capacidade de aprendizado.

Devemos reconhecer que, para aprender, precisamos ouvir e por em prática tudo que acrescenta ao nosso conhecimento.

Mas também importante colocarmos sempre uma medida, vinda de nosso interior, em nossas atividades, sejam elas do ponto de vista material, cultural ou espiritual.

O exagero pode fazer com que nem tenhamos a oportunidade de desenvolver idéias e projetos lucrativos, em todos os sentidos.

E não estou me referindo somente a assuntos de âmbito material, mas também a parte espiritual, emocional, cultural e social, pois o exagero nunca leva a resultado satisfatório em nenhum ramo da atividade humana.

É importante nos permitirmos o repouso, seja do ponto de vista material ou espiritual.

Sem o intervalo de repouso que nosso corpo e nosso espírito exigem e que temos que respeitar, com certeza nada do que programarmos e tentarmos realizar terá o resultado que desejamos inicialmente.

E, diante dessa situação, não conseguiremos alcançar nossos objetivos originais. Como consequência, virão a frustração e a irritação provenientes do que chamamos de fracasso.

Devemos, portanto, agir com muita cautela no sentido de programarmos nossas atividades profissionais e sociais, para que os resultados sejam adequados ao que planejamos.

Não vale a pena arriscarmos a realização do que desejamos, pela pressa e falta de programação adequada.

Se exageramos em nossas atividades, com certeza, prejudicaremos outros setores que nos necessitam e que poderiam nos dar soluções interessantes e produtivas.

Não nos esqueçamos de que o cansaço físico exagerado nos tirará, seguramente, as forças para solucionarmos situações de grande importância em nossa vida e de nossos circunstantes. Podendo até prejudicar nossa convivência com as pessoas que amamos e que poderão se ressentir pela nossa falta de tempo em nos dedicarmos, auxiliando-as e externando nossa opinião que pode mudar até mesmo um projeto.

Pensemos bem, se vale a pena sacrificarmos nosso convívio com quem amamos, pela nossa falta de limite em nosso egoísmo dedicado ao nosso trabalho.

O exagero nunca foi algo produtivo, medida é muito bom, e todos gostam.

Faça 2017 valer a pena 🙂

Abraços, bom domingo e um Feliz Ano Novo!

Amanda

Anúncios

Publicado em janeiro 8, 2017, em Inteligência Social e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Amanda querida
    Ótimo 2017 para vcs também,e à família.
    Aos domingos sinto-meu mais perto de vc ao ler suas mensagens , sempre agradáveis e proveitosas.
    Saudades,bjss, Helena

  2. Regina Celia de Paiva Noronha

    Feliz Ano Novo para você e toda família.
    Termino o domingo com a leitura de suas reflexões,
    que sempre acrescentam e enriquecem.

  3. Regina Coeli Simões Caldas

    Excelente, querida Amanda! Um 2017 luminoso para voce! Abs Regina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s