Pré julgamento

Uma atitude muito perigosa, sujeita a erros, muitas vezes sem volta.

Inclusive porque o que parece ser, numa ocasião especial pode se demonstrar de outra forma completamente diferente da aparência inicial, e se nos enganamos, podemos tomar atitudes que não tomaríamos se fôssemos mais cautelosos em nosso posicionamento perante os acontecimentos desta vida.

Quando pré julgamos, estamos sempre sujeitos a errar, pois nesse caso pode entrar a emoção em primeiro lugar, o que nos leva a resultados diferentes daqueles que seriam mais acertados se feitos com raciocínio, sem que sejamos dominados puramente pela emoção.

Lembremo-nos de termos tido em uma ocasião ou outra na vida, pensarmos em alguém, por exemplo, que com aparência extremamente vaidosa, nos dá uma impressão de riqueza e de importância na sociedade.

Se entramos em detalhes, e fazemos uma maior investigação, podemos chegar a uma conclusão completamente diferente da primeira e a outro tipo de conclusão.

E, nesse caso, pré julgamos erradamente, baseados em aparências totalmente falsas, com pistas que, em alguns casos, podem ter sido “plantadas,” exatamente para agirem no sentido de causar uma impressão de poder.

E, de outro lado, podemos fazer um pré julgamento de alguém que pareça ser e agir com tudo de bom, e ao conhecermos melhor, chegaremos a um resultado completamente diferente do que aparentava anteriormente.

Ou, ao contrário, algo que nos dá a impressão de não nos satisfazer, pode se revelar completamente útil e valioso, que poderá enriquecer nossa vivência e convivência, surpreendentemente.

O que temos que nos cuidar é para não sucumbirmos à tentação de pré julgar alguém que de nós se aproxima, seja por amizade, ou mesmo porque necessite de nosso auxílio naquele momento.

Não nos deixarmos levar pelas aparências é uma forma positiva de conseguirmos ter e receber atitudes sérias e justas naquilo pelo qual lutamos para alcançar.

O pré julgamento pode nos levar a consequências desastrosas, pois nos provoca atitudes completamente diferentes daquelas que tomaríamos se colocássemos nosso raciocínio a funcionar sem posições tendenciosas.

Devemos sempre analisar situações e acontecimentos antes de iniciarmos um julgamento precipitado a respeito de qualquer modalidade de atitudes que tenhamos tomado, pois podemos pensar e agir de forma a prejudicar alguém inocente.

Temos, portanto, que nos cuidarmos para que nosso pré julgamento não nos faça cometer injustiças, das quais possamos nos arrepender depois.

E, como consequência perdermos amizades preciosas, que poderiam fazer parte de nossa vida, nos proporcionando momentos de sabedoria e companheirismo.

Abraços e bom domingo, sem prejulgar 🙂

Amanda

Anúncios

Publicado em julho 17, 2016, em Inteligência Social e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. “Afirmar a verdade, afastar-se da opinião”. -Heraclito

  2. Querida Amanda

    Além das notícias políticas e econômicas, os jornais de grande circulação deveriam ter seu blog publicado pois provoca a todos nós para o exercício importante da alma, de nosso íntimo. Muito além do parecer para tratar do ser! Sem julgamentos. Muito bom e profundo. Sempre sua fã.

  3. Regina Coeli Simões Caldas

    Muito verdadeiro, querida! Especialmente, quando, para se viver em sociedade de modo harmonioso, precisamos manter uma postura conveniente. Bjs e boa semana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s