Cobrança

Quando falamos em cobrança nos vem à mente, em primeiro lugar, o sentido financeiro, pagamentos e dívidas, de maneira geral.

Mas aqui vamos falar de outro tipo de cobrança, que algumas pessoas fazem sempre a amigos, funcionários, e até mesmo de contato eventual, como com alguns fornecedores, vendedores, etc.

A cobrança a que me refiro é a de pessoas que passam o tempo cobrando sempre algo de alguém, como o “por que demoraram tanto”, ou “como não se lembraram de tal evento” e assim sucessivamente cobranças inúteis que só servem para abalar a amizade.

Se procurarmos compreender os motivos que levam as pessoas, na maioria das vezes,a tomarem determinadas atitudes, seríamos mais tolerantes e nosso convívio se tornaria mais leve e proveitoso.

Se perdemos tempo com a cobrança, estamos também perdendo nosso tempo de convivência, deixando de nos informar sobre tantas coisas interessantes.

Conheço pessoas que, quando nos encontramos, ao invés de saber como vou, ou o que tenho feito de proveitoso, passa o tempo cobrando porque não nos vimos há tanto tempo, e muitas vezes perco até mesmo o fio da meada, e me esqueço de como estava saudosa daquela pessoa, e o quanto eu tinha para lhe contar.

As novidades e a saudade que sentia se transformam em tempo perdido explicando a causa de nosso encontro não ter sido mais cedo.

Então, precisamos tomar muito cuidado com a cobrança inútil, que não nos levará a nenhum lugar, e, pelo contrário, nos faz esquecer como gostaríamos de encontrar aquela pessoa e lhe contar de minha vida, da família, dos sucessos e fracassos, e cujo relato nos faz bem dividir com amigos sinceros.

Exigências relacionadas ao tempo passado e que não nos tínhamos encontrado, a festa a qual não pudemos comparecer por motivos mais do que justos, e outros eventos sem importância, tomam, muitas vezes, o tempo que poderia ser usado para contarmos nossas novidades, boas ou más.

Amigos são para qualquer momento, e por isso, temos que desenvolver a tolerância da demora que, muitas vezes, somos obrigadas pelo próprio ritmo de vida que todos levamos, pelas obrigações que desenvolvemos, pelo nosso trabalho, etc.

Portanto, nos momentos para os quais nos reservamos, devemos aproveitá-los para que a conversa se desenvolva em ambiente alegre, curtindo as novidades que chegam através de uma conversa descontraída e produtiva.

Digo produtiva, pois sabemos que nem todas as notícias podem ser maravilhosas, mas mesmo assim, se estivermos com a nossa disposição sincera, poderemos também ser úteis, caso o encontro assuma também uma direção com novidades não tão alegres.

Dessa forma, se pudermos ajudar, e nos colocarmos à disposição para tal, o próprio ambiente de desgosto pode ser amenizado com o gesto e a disposição positivos que desenvolvermos nessa ocasião.

Não nos esqueçamos de que, quando uma pessoa nos confia e divide conosco seus problemas, mesmo que sejam pequenos para nós, eles assumem uma grandeza para quem os estiver passando.

Então, vamos considerar que um problema para quem o tem, assume a proporção e o valor para a pessoa, e que nunca devemos fazer pouco, ou desvalorizá-lo.

Ao contrário, com paciência, atenção e carinho, poderemos ajudar a encontrar até mesmo a solução ideal.

E lembre-se, nunca comece um telefonema na negativa, tipo, ‘pôxa, é mais fácil falar com o Papa do que com você’.

Abraços e bom domingo, sem cobranças inúteis 🙂

Amanda

Anúncios

Publicado em dezembro 13, 2015, em Inteligência Social e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Amanda , está é uma das razões de vc ser aclamada tão fina e educada…. Ser cortês é não submeter o outro a constrangimentos….

  2. Perfeito!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s