Iniciativas

Temos algumas maneiras de realizar nossos projetos e desejos e tentarmos executar aquilo que antes só existia na nossa mente.

Lutar com garra e honestidade para atingirmos o que esperamos sempre é a maneira mais sensata e que garante, normalmente, melhores resultados, seja qual for a empreitada almejada.

A primeira iniciativa é o cálculo de risco que se corre ao tentar iniciar ou mudar alguns procedimentos com os quais já estamos habituados a lidar.

Isso é válido quando dependemos de nós mesmos e também de outras pessoas que envolvemos num projeto.

Difícil mesmo é fazer com que se interessem. É uma tarefa, pois os resultados que planejamos nem sempre são expostos de maneira clara e incisiva para atingirmos o que nossa cabeça imaginou.

Portanto, a exposição das idéias para conseguirmos descrever claramente aquilo que imaginamos é importantíssimo para despertar o interesse dos nossos possíveis colaboradores.

Sabemos, desde a escola primária, que um problema bem exposto, é quase um problema resolvido.

Outro dia, ouvi pela manhã no rádio uma notícia que me deixou emocionada e que mantém minha fé na humanidade.

Num local da capital paulista, moradores se juntam diariamente e fazem a limpeza e manutenção de uma praça pública de seu bairro, pois a obrigação oficial de mantê-la (paga-se impostos) não é cumprida no momento.

Eles limpam, felizes por conseguirem resultados, e sem se queixarem do trabalho, vão desenvolvendo até mesmo a parte estética, como plantar folhagens e flores de acordo com seu conhecimento da matéria.

Com essa iniciativa, que, de maneira alguma seria de sua obrigação, eles conseguem uma visão muito bonita e agradável e têm recebido elogios por parte de sua comunidade.

Essa atitude, sob muitos aspectos, é altamente elogiável.

O poder de iniciativa diferencia as pessoas, umas das outras, lembrando sempre que a criatividade não tem limites.

Nossa mente deverá permanecer aberta para acolher e materializar idéias novas, e com isso melhorarmos a tecitura social à nossa volta.

Sem esssa disposição mental e a humildade de ouvirmos novas opiniões, não haverá inciativa em prol da qual possamos desenvolver o progresso de algum projeto, por melhor que ele tenha sido exposto.

Vemos pessoas que se recusam a admitir novos conceitos, novos posicionamentos, mesmo antes de examiná-los, e mediante esse comportamento, quem perde é a sociedade.

Sem iniciativa própria ou sem seguirmos opiniões abalizadas, nada nos porporcionorá resultados que possam, de uma ou outra forma, beneficiar o meio ambiente, e consequentemente, a nós mesmos.

O desprezo a essa postura avilta uma das maiores conquistas da natureza, que é a cerebração do “homo sapiens”.

Como disse um grande clínico brasileiro, “as idéías novas devem ser seduzidas e não estupradas”.

Vamos, portanto, respeitar novas idéias, e tentar incentivá-las, louvando sempre novas e possíveis iniciativas.

Abraços e bom domingo 🙂

Amanda

Anúncios

Publicado em abril 13, 2014, em Inteligência Social e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. Excelente, querida Amanda! Boa Páscoa para voce e seus queridos. Bjs Regina

  2. Importante você ter tocado no ponto sobre a maneira de expor, para despertar o interesse….isto é habilidade…

  3. Se é uma coisa que me deixa louca, é uma pessoa sem iniciativa….faz o de sempre, sem se arriscar, sem evoluir…está parada no tempo! Não passo imune por essas pessoas e sempre tento dar uma “sacudida” para ver se saem do seu marasmo! Ótima colocação sobre o tema, como sempre.

  4. Muito bom Amanda especialmente para mim que acabo de retornar de umas pequena viajem , mas muito interessante e intensa e confesso que dá uma certa preguiça recomeçar o cotidiano que vai me exigir ainda mais .
    Haja criatividade para voltar ao memo que a cada instante nos apresenta uma surpresa e um reinventar permanente .
    Boa semana, beijo
    Tereza 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s