Arquivo diário: outubro 28, 2012

Cobrança

A cobrança indevida ou inoportuna é uma das características mais inconvenientes que uma pessoa pode desenvolver.

Você tenta fazer tudo direitinho, não faltar a nenhum compromisso, não se esquecer de datas importantes para os amigos.

Mas ai de você se se esquecer algum dia de algo que havia combinado e que lhe passou desapercebido.

Está perdido, pois a cobrança, muitas vezes, vem imediatamente.

E a pergunta é feita sempre em tom de irritação e geralmente perto de outras pessoas, que é para constranger mesmo.

E datas?

Por mais que a gente se esforce para anotar e lembrar de tudo, algo pode escapar.

E aí, vem:

Como você se esqueceu de meu aniversário?

Como você não compareceu em tal compromisso na casa de fulano?

Como você não foi a tal lugar?  Você falou que iria.

E o pior, as pessoas não esperam e nem o deixam se explicar, pois tem esse tipo de personalidade, só cobram e não têm a paciência de ouvir sua justificativa.

Não perdoam uma falha de agenda, ou da secretária, ou um mero esquecimento ao qual todos nós, seres humanos, estamos sujeitos.

E a cobrança aos funcionários?

Se já fazem tanto, e se esquecem de algo, vamos reconhecer o bom, e deixar um pouco de lado pequenas falhas.

Esqueceram de colocar algo?

Eu me levanto e vou buscar.  Não morro por causa disso.

Outra cobrança que raramente gera resultado real é mais atenção em uma loja, por exemplo.  Já percebeu como só desencadeia uma tremenda má vontade  por parte de quem está nos atendendo?  Se a pessoa não foi devidamente treinada, não seremos nós, os clientes, que vamos lhe ensinar.

Já assisti cenas desagradáveis em seções femininas de vendas de roupas, onde a cobrança e irritação da cliente desencadearam uma cena de discussão, que talvez poderia ter sido evitada, pois a cliente, irritadíssima, cobrou uma atenção e uma prioridade que a vendedora não tinha a mínima condição de lhe dar naquele momento.

A cobrança injusta machuca, ofende e desencadeia uma reação, muitas vezes desnecessária.

Um sorriso normalmente é uma arma mais poderosa do que a cobrança.  Desarma qualquer um.

Passar o tempo cobrando só desgasta a relação, seja ela qual for.

Perfeição não existe.

Evito sempre a cobrança indevida.  A vida fica mais leve e mais alegre, e evitamos de um dia acordar e não termos ninguém ao nosso lado.

Abraços e um ótimo domingo, sem cobranças 🙂

Amanda