Felicidade

Para mim, a felicidade começa com a cultura — no seu amplo sentido.    A cultura sempre foi o principal elemento na minha educação, desde a infância.

Com 5 anos ao lado de meu pai, sempre me ensinando algo.

Meu pai me alfabetizou aos cinco anos de idade e para ele, a felicidade consistia no prazer do conhecimento, que pode nos levar a um mundo diferente, relações diferenciadas e ao encontro com pessoas que nos complementam, e assim nos fazem felizes pelo convívio.

Foi muito gratificante desde então aprender o prazer do conhecimento.

Todos gostavam de me ver lendo livros e até jornais, e declamando uma enorme poesia, chamada: Felicidade é Coisa que Não Tem, de Judas Isgorogota.

Na época não sabia exatamente o que declamava.  Mas hoje sei e discordo.

Felicidade é coisa que tem, sim.  Que existe, e eu a vivo diariamente.  Felicidade é algo que buscamos e conquistamos a cada instante.  É um sentimento de realização de nossos desejos, de nossos anseios – mas cada pessoa com sua própria meta.

O sentimento de felicidade é muito relativo.  O que significa felicidade para um não é necessariamente motivo de felicidade para o outro.  O importante é buscar dentro de si esse motivo.

Para um mendigo, a felicidade pode ser receber um sanduíche, uma moeda. Já para o estudante, pode ser passar numa prova, e para alguém doente, retomar a saúde.

O próprio motivo da felicidade é mutável, de acordo com nosso momento e ciclo de vida.

Importante também que possamos encontrar felicidade naquilo que temos, e não passar a vida desejando o que não temos, em qualquer sentido, seja espiritual ou material — o que não nos impede de lutar pelo que queremos e que nos trará felicidade naquele momento de nossas vidas.

No ultimo ano, estava em Miami, quando comecei a ter muita dor no joelho.  Antecipamos a volta, e acabei ficando um mês no hospital e operando a coluna, uma hérnia, que era o real motivo da dor no joelho que me impossibilitava andar.

Quando finalmente consegui dar alguns poucos passos, aquilo foi para mim um  enorme motivo de felicidade.

Quer felicidade maior?  Nada mais importava naquele momento.

Toda vez que conseguimos ultrapassar alguma dificuldade, seja de que natureza for, deve ser motivo de felicidade e de comemoração.

Compete a cada um de nós decidir e lutar pelas metas que nos farão felizes e, sempre, utilizando a cultura como um dos instrumentos.

Nunca confundir cultura com erudição.

Cultura+felicidade=Inteligência social.

“É preciso ensinar aos homens que a felicidade não está onde, na sua miserável cegueira, eles a vão buscar.  Não está na força nem na riqueza, nem no poder, nem tampouco em todas essas coisas reunidas, pois todos – os fortes, os ricos, os poderosos – são escravos das circunstancias e das aparências enganosas.  A felicidade está em nós mesmos, na verdadeira liberdade, na ausência ou na conquista de temor indigno, no perfeito domínio de nós mesmos, no contentamento e a paz de uma vida tranqüila, no cumprimento do dever”.  — Alberto Montalvão – Moderna Enciclopédia de Relações Humanas e Psicologia Geral

Um abraço e bom domingo,

Amanda

Anúncios

Publicado em março 18, 2012, em Inteligência Social. Adicione o link aos favoritos. 9 Comentários.

  1. Hoje, me veio à cabeça, procurar por Judas Isgorogota no Google, pois há exatamente 50 anos, me deram na escola uma poesia dele, para decorar e declamar, “Felicidade é coisa que não tem”. Como sempre, na escola, me apresentava em peças de teatro, cantando ou declamando poesias, mas essa poesia, apesar de longa, jamais esqueci. E qual não foi a minha surpresa, quando encontrei seu blog, Amanda, no qual vc conta que também, quando criança, declamava essa poesia !
    Achei muito interessante, pois, como na escola eu era a única a saber essa poesia, estendi isso para o mundo, achando-me a única a saber recitá-la ! (rs). Que pretensão a minha !!! rsrs
    Enfim, quiz compartilhar contigo, a “grande coincidência” de ter encontrado outra pessoa no mundo que sabe declamar essa poesia : você ! (rs). Um abraço, Edna.

  2. Amanda querida,
    O ser humano persegue a felicidade como se fosse um bem que ele pode adquirir em qualquer prateleira. Sua visão do assunto nos lembra que a felicidade é um presente e que, só vivendo o momento em plenitude é que podemos alcançá-la.
    Adoro suas reflexões, obrigada poe escrever!

    Beijos,
    Athena

  3. Vera Maria de Albuquerque Soares da Silva

    Você, Amanda, com este seu artigo nos mostra na poesia de
    Vicente de Carvalho sobre a existência da Felicidade, que
    é possível encontrar um lugar de vê-la, de sentí-la e que ela, realmente, não está fora, mas sim dentro de nós mesmas.
    Parabéns, parabéns
    Beijos, saudade
    Vera

  4. oriana J maculet

    Es fantástico conocerte de adulta, es una ternura ver la foto de niña con tu padre.. Emociona… esa felicidad que tienes y que regalas se ve en el brillo de tus ojos…

    Un abrazo y gracias,

    Oriana

  5. Lidia Izecson de Carvalho

    O poeta Vicente de Carvalho, no início do sèc. XX já disse que “a felicidade está onde nós a pomos, mas nunca a pomos onde nós estamos”. Pena, não? Temos muito ainda a aprender sobre isso.
    Beijo
    Lidia

  6. Amanda, que prazer ler e acompanhar o seu blog. Obrigada. Vc já faz parte dos meus “blogs de cabeceira” 🙂

  7. BELLA TALERMAN ZILBOVICIUS

    é assim mesmo querida amiga
    cada un tem seu proprio conceito de FELICIDADE
    e luta para tentar encontrá-la, mesmo q seja
    ALEM DO ARCO-IRIS
    bjks parabens bom domingo e boa semana

  8. Querida Amanda, Linda mensagem! A procura da felicidade é uma ardua procura e muitas pessoas passam a vida achando que deve estar nos bens materiais,esquecendo as maravilhas que muitas vêzes estão nas pequenas coisas da nossa existência.

    • Amandíssima querida,
      Que lindo seu artigo,e concordo que ELA está dentro de nós.
      A proposito, adorei a foto.Mil beijos,Lúcia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s