Gloria Passageira

Na verdade, o que desejamos sempre que executamos ou criamos algo é a glória, o reconhecimento do que fizemos.

Seja em matéria de uma obra escrita, ou de uma peça de teatro, um filme, ou qualquer tipo de obra que envolva a criatividade de maneira geral, espiritual ou mesmo física, quando se trata de obra de arte, pode ser assistida e admirada pelas pessoas de todos os níveis sociais, e também de idades diferentes.

A criatividade não tem limites, e quando se gosta de escrever algo, por exemplo, nossa imaginação, e mesmo a técnica quando é exigida, dependendo da matéria exposta, chega automaticamente de acordo com nossa maneira de pensar.

Quando uma obra de nossa autoria é exibida, o que esperamos de início é, sem dúvida nenhuma, a aprovação do público ao qual nos dirigimos.

Mas temos também que estar aptos a receber uma crítica, até mesmo desconfortável, pois muitas vezes não conseguimos atingir o público ao qual nos dirigimos, então a humildade de sermos criticados só pode nos ajudar a melhorar sempre em nossas realizações.

Só não se pode esquecer que a glória é normalmente passageira, a vida passa e tudo o que ela traz.

Mas quando é eterna, como a obra de um autor famoso, fica na memória de todos nós para sempre e por gerações.

Assim, devemos ter o intuito de criarmos algo que tenha valor e seja de proveito do público que dele necessita.

Mas temos que exercitar nossa consciência, para que não passemos a interpretar nosso possível sucesso como algo que sempre aconteça, e ficarmos pensando que somos infalíveis e contando com bons resultados em tudo o que empreendermos.

A consciência de que em algum momento não vamos obter os resultados esperados é importante, pois, muitas vezes, as circunstâncias mudam e podemos ser surpreendidos.

Por isso, precisamos estar preparados para enfrentarmos a glória passageira, e iniciarmos nova luta para que possamos conseguir manter nossa imagem e nossas decisões.

Pois num momento de nossa vida podemos estar no auge e outra hora numa pior situação, dependendo de nossa boa vontade e luta para conseguirmos superar.

Não nos esqueçamos de que toda glória é efêmera, toda conquista é passageira, assim como toda aflição também é fugaz.

Então tentemos viver nossa vida, sempre com dignidade e amor, para usufruirmos dos momentos felizes, sejam eles poucos ou muitos.

Abraços e um ótimo domingo de muita glória 🙂

Amanda

Publicado em dezembro 8, 2019, em Inteligência Social e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Quão efêmera é a coroa de louros…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s