Autoridade

Quando falamos em exercer autoridade, pensamos em atitudes mais duras e que deveriam ser obedecidas sem discussão e sem argumentação.

Mas claro que esse não é o comportamento ideal, e devemos mesmo sempre evitar o fato de sermos autoritários e tentarmos impor nossa opinião em qualquer tipo de assunto, mesmo que sejamos especialistas em alguns deles.

Mesmo porque as pessoas que nos rodeiam, muitas vezes, não suportam o fato de terem que nos ouvir, por mais certos que demonstremos estar.

Temos que nos esforçar para que deixemos de lado nossa vaidade pessoal e dar nossa opinião somente quando formos solicitados, pois respeitar quem está no convívio do momento é muito importante para que a amizade continue num clima de respeito e contentamento.

Exercer autoridade é uma arte que devemos aprender e seguir para que nunca sejamos classificados como alguém autoritário, que nunca escuta ninguém, mesmo que teoricamente esse subordinado seja uma pessoa brilhante e estudiosa do assunto em questão, e que poderia até nos auxiliar em algumas ocasiões.

Não devemos permitir que nosso orgulho e vaidade não nos permita ouvir nossos subordinados e colegas, que podem  em algumas ocasiões estarem muito mais informados e atualizados do que nós mesmos, seja por atuarem por mais tempo naquela atividade, ou pela própria facilidade e conhecimento do assunto em questão.

Claro que toda atitude dependerá da atividade à qual nos dedicamos e da autoridade que nos foi dada ao sermos encarregados na posição de autoridade de que fomos investidos.

Somente não nos esqueçamos de que mesmo credenciados, temos o dever de humanidade para que possamos exercê-la com educação, pois nossos subordinados terão muito mais boa vontade se bem tratados com compreensão que gostaríamos de receber.

E podem crer que nossa autoridade tem muito mais possibilidade de ser entendida e acatada.

Humanidade é a palavra chave para que nossas exigências sejam ouvidas e que devem ser explicadas, bem expostas para que sejam seguidas até mesmo com orgulho de quem as recebeu.

Autoridade deverá sempre estar ligada, portanto, a eficiência de ambas as partes, de quem a exerce e também de quem deverá segui-la, para que os resultados sejam aqueles que esperamos e que necessitamos.

Lembremo-nos de nunca abandonarmos a tentativa de atingirmos o aperfeiçoamento em toda atividade que nos propusermos.

Abraços e ótimo domingo 🙂

Amanda

Anúncios

Publicado em outubro 1, 2017, em Inteligência Social e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. “ Temos que nos esforçar para que deixemos de lado nossa vaidade pessoal e dar nossa opinião somente quando formos solicitados,” – nesse trecho de seu texto eu preciso refletir bem !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s