Intolerância Intelectual

Intolerância intelectual é um problema sério em qualquer tipo de relacionamento.

Nem todos têm a oportunidade de estudar e se instruir como desejariam, e isso pode criar um grave problema de relacionamento se não houver a compreensão necessária entre cônjuges e amigos que não tiveram as mesmas oportunidades.

Sem citar pessoas em particular que conheci e que faziam parte desse grupo, sempre considerei algo reprovável a critica a pessoas que não tiveram a mesma chance que outros de adquirir a cultura em um bom colégio ou mesmo que pudessem estudar por sua própria iniciativa.

Mesmo porque a crítica nunca leva a nenhum resultado positivo.

A oferta de ajuda sim, ou incentivando, ou ajudando a pagar para que alguém possa adquirir estudo, isso é admirável e algo que realmente auxilia num futuro, mas somente criticar não leva a nada, mesmo!

Conheci, de perto, pessoas que passaram muito tempo de sua vida criticando os outros e nada fazendo que pudesse servir de ajuda, em que âmbito fosse.

Temos que pensar que nem todos tiveram condições de pagar os estudos ou alguém que ajudasse. Mas pessoas que não conseguiram estudar e são inteligentes e esforçadas, tomando conhecimento de assuntos que as farão crescer, puderam sempre participar de qualquer tipo de conversa, exprimindo mesmo suas opiniões, que muitas vezes ultrapassam aquelas emitidas por pessoas bem mais cultas, no sentido de estudos.

Minha mãezinha, por exemplo, era pessoa de altíssimo bom senso e mesmo não possuindo a chamada grande cultura de colégio, conseguia emitir opiniões interessantíssimas sobre qualquer assunto, com sobriedade e tremenda lógica.

Por isso, quando alguém tem a intenção de criticar, deve pensar bem antes de fazê-lo, pois deverá estar seguro de que sua opinião pode transformar toda uma ideia, seja falada ou escrita.

Sinto sempre que vejo pessoas de muita cultura, mas que não tem a menor dose de paciência e tolerância com quem não teve a mesma sorte e oportunidade, às quais necessitam de uma dose ainda maior de tolerância e paciência para que a convivência não se torne um meio de transtorno.

É sempre um desprazer observar casais e famílias que na convivência íntima são intolerantes entre si pelas diferenças culturais.

Não leva a nada!

Devemos, sim, reconhecer que, além da cultura que alguns tiveram a sorte e o privilégio de adquirir, tem-se que cultivar a tolerância e descobrir outros valores que a cultura também, muitas vezes, não consegue substituir.

Abraços e bom domingo, com muita tolerância e compreensão com o nosso próximo 🙂

Amanda

Anúncios

Publicado em agosto 6, 2017, em Inteligência Social e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Querida amiga, dou-lhe razão. De nada vale a cultura quando não nos torna tolerantes e acessiveis ao próximo, seja ele culto ou não. Pois, nas relações humanas o que mais importa são as boas maneiras e o bom caráter. Beijos e ótima semana!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s