Criticar

Quando criticar alguém, colocar-se no lugar da outra pessoa.

Essa pode ser uma boa idéia para a convivência o mais ideal possível, pois exige de todos nós um grande discernimento no sentido de conseguirmos ser justos na maioria das situações que nos são apresentadas.

Criticar sem fundamento é um risco de erro, muitas vezes sem termos oportunidade de nos corrigirmos, e nos arriscando a fazermos juízo sem fundamento, e com isso tomarmos uma atitude injusta em relação à pessoa em questão.

A crítica precipitada costuma nos levar a injustiça difícil de ser desfeita e nos cria situações delicadas, cujas consequências podemos não conseguir anular ou contornar.

Por isso, antes de criticarmos algo ou a atitude de alguém, temos que refletir muito sobre o assunto e estudarmos cada situação e suas consequências para não nos arrependermos mais tarde e não termos a chance de refazermos uma ocorrência que nos esteja prejudicando de alguma forma.

E também analisarmos friamente antes de cometermos alguma injustiça ou agirmos de maneira incorreta em relação a alguém, simplesmente por uma situação que não signifique a mesma atitude que tomariam em outro momento. Se tomarmos esse cuidado, teremos menos chance de sermos injustos.

Claro que, se formos instados a emitir uma opinião, teremos que fazê-lo com muita honestidade, pois quem nos questiona, terá a confiança e a disposição de nos ouvir e poderá analisar se estamos certos, e isso ajudará em soluções futuras e adequadas.

Não somos infalíveis, e portanto, somos sujeitos a erros de raciocínio, de julgamento, mas se formos suficientemente humildes para ouvir alguma critica, ficaremos menos propícios a enganos, mesmo que seja algo sem muita importância.

Claro, uma crítica nem sempre é negativa, pois ela pode transmitir um conselho que esteja contribuindo para a melhoria até de uma vida, principalmente se for acolhida com boa vontade, às vezes, conseguimos mudar algo em nossa vida e alcançar resultados positivos, e até melhores do que esperávamos.

A crítica construtiva pode incentivar o criador seja de arte, seja na literatura, ou em outra área, e assim levar a pessoa em questão a progredir em sua atividade, pois ela, em estado de realização e felicidade, fica cada vez mais motivada.

Portanto, tenhamos muito cuidado ao fazermos uma crítica. Podemos fazer, se instados a fazê-la, mas com muita cautela para não destruirmos uma idéia até mesmo no momento de sua criação ou antes dela ser completamente exposta, arruinando qualquer instinto criativo.

Claro que os críticos especializados, seja em assuntos variados, como bebidas, comidas, e os espetáculos, cinema, etc, deverão fazer seu papel e analisar o que vêem de acordo com sua especialidade, mas nossa opinião também é importante, e, de outro lado, como diz o dito popular, gosto não se discute!

Abraços e bom domingo, tentando ouvir críticas que possam nos ajudar a progredir e nunca destruir a alma criativa 🙂

Amanda

Anúncios

Publicado em outubro 23, 2016, em Inteligência Social e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Regina Coeli Simões Caldas

    sem críticas rsrrs

  2. muito bom ,como sempre!! Sem CRITICAS!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s