Semear para colher

 

“Se queremos colher, é preciso não só semear muito, quanto espalhar a semente num bom campo”.

Li esta frase e achei excelente a filosofia que ela encerra.

Realmente, devemos optar por plantar uma semente, seja ela de que natureza for, em terreno receptivo, principalmente, pois existem campos já minados pela má formação, ou deteriorados pela má vontade de um aprendizado mais detalhado.

É como ensinar, só aprende quem realmente deseja aprender, por isso o interessante é conseguirmos semear, tanto ensinamentos, como conceitos, onde houver receptividade, e também o desejo autêntico e consciente do aprendizado que chegará com as devidas informações.

Importante verificarmos a qualidade da semente, a sua adequação a determinado campo, pois se semearmos em terreno inadequado, seguramente não conseguiremos os resultados com os quais contávamos.

Além da inadequação do terreno, podemos ter também o momento que não esteja se prestando naquela ocasião, para a semeadura de determinada idéia, pois quem está propondo assim como quem estaria recebendo, pode não estar pronto para colher, seja informação, um convite, ou outra oportunidade de aproximação.

Lembrando que esses resultados poderão servir de alguma maneira, até mesmo para um esclarecimento a algum estudo, alguma pesquisa importante para se obter resultado adequado, no sentido de se fazer o bem à humanidade.

Caprichando num campo favorável, só poderemos obter resultados apropriados à nossa pesquisa, e, se bem dirigidos, podem ser motivos de auxílio, tanto no âmbito profissional, como no social ou humanitário.

Portanto, devemos ter muito cuidado com o que semeamos, pois na hora de colhermos, precisamos ter a consciência e pensarmos bem no sentido de termos ou não a capacidade de suportar os resultados que poderão advir de nossa atitude.

Se praticarmos ações sem pensar, estaremos sujeitos a arrependimentos que não trarão nenhum resultado diferente do que tenha sido praticado anteriormente.

Normalmente, emitimos opiniões que são apropriadas à nossa vida, à nossa maneira de viver, seja familiar ou socialmente, e por isso precisamos nos cuidar, pois a quem opinamos talvez não tenha o mesmo estilo de vida que temos, em nenhum setor.

Vamos, portanto, tentar semear as idéias e conhecimentos em campo apropriado, a quem está pronto e disposto a aprender, assimilar conceitos e adequar os conhecimentos e opiniões adquiridos ao seu próprio campo de ação, seja nas amizades ou no seu ambiente de trabalho.

Isso é semear em campo que poderá dar os frutos que necessitamos para alimentar nossas atividades e garantir, dessa forma, o sucesso da frutificação.

E, mais importante, a qualidade dos frutos.

Abraços e bom domingo 🙂

Amanda

Anúncios

Publicado em fevereiro 7, 2016, em Inteligência Social e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Bom sempre lembrar, muito bem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s