Arrogância

Arrogância é, essencialmente, a falta de humildade, a vaidade excessiva, sentimentos dos quais não temos que nos orgulhar.

Reparem como ficamos desconcertados quando assistimos uma atitude de arrogância.

Claro que nada podemos fazer, nem interferir em determinadas situações, e isso nos dá uma tremenda sensação de impotência mediante a humilhação a que alguns seres humanos são submetidos.

Temos que assistir calados, pois além de não nos dizer respeito, podemos até tornar pior uma situação ao provocarmos a vaidade de uns e outros, que tendo assistência se sentem na “obrigação” de se imporem mediante a platéia.

Assisti outro dia a uma situação difícil de se resistir a uma interferência. Na saída de um restaurante, um taxi parecia ter passado na frente de um jipe com um casal que iria entrar em uma garagem.

O homem que dirigia o carro parou na frente do taxi e desceu ameaçando-o de forma agressiva verbalmente e o chamando para uma afronta física.

O taxista não respondeu, se desculpou, afinal ele estava a trabalho e não a lazer, e fez o possível para não entrar em uma disputa física.

Nessa altura, a moça que acompanhava o homem agressor, desceu também do carro e provocava o pobre motorista que estava com passageiro e não queria confusão.

A moça gritava no meio da rua, balançando o corpo, foi mesmo desagradável de se assistir. E ficaram de forma ridícula, fotografando com o celular a chapa do carro.

Finalmente, o casal entrou na garagem e o taxi também se foi para seu destino com seu passageiro, tentando ganhar sua vida, provavelmente ganhando numa corrida o que aquele casal gasta num lanche e nem presta atenção na despesa.

O tratamento com arrogância, como o que assisti nessa ocasião, me deixa completamente sem ação, principalmente por serem situações desiguais.

Um trabalhando para ganhar cada tostão e outro numa circunstância de lazer.

Temos que pensar bem, e considerar cada situação em que o outro se encontra, pois as desvantagens, muitas vezes, são imensas, e discutir no mesmo tom pode ser considerado até uma falta de caridade humana.

É como um chefe extremamente vaidoso, cuja arrogância o impede de aprender com seus subordinados, pois sua vaidade excessiva o torna dono da verdade e o impede de ver outros caminhos que poderiam levá-lo a uma situação de progresso em cada iniciativa.

É o famoso sabe-tudo, sem a mínima humildade e capacidade de dividir a fama dos resultados que poderiam advir de tantos projetos, pois seu desejo é ser o dono absoluto dos frutos obtidos.

Devemos, principalmente, aceitar nossos próprios erros, assim como gostamos que nossos acertos sejam elogiados.

Com essa humildade, conseguiremos despertar a admiração dos nossos amigos, alunos, sócios e todos os que convivem conosco em cada setor de atividade humana.

Pois a arrogância distancia os amigos e os que acabamos de conhecer formam uma impressão, muitas vezes, errônea de nós, pois naquele momento demonstramos uma atitude isolada e que nem é a nossa habitual.

Tenhamos, portanto, o cuidado de não passarmos a impressão de arrogância, pensemos antes de emitirmos opiniões, seja em que ambiente for.

Como sempre digo, podemos não ter a oportunidade de refazer o contato com alguém que tenha ficado mal impressionado conosco.

Abraços e bom domingo, com humildade de escutarmos o próximo, sem a pretensão de sermos infalíveis, agindo portanto sem arrogância 🙂

Amanda

Anúncios

Publicado em setembro 21, 2014, em Inteligência Social e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 7 Comentários.

  1. Amanda querida , perfeito seu texto . Se existe uma atitude ou comportamento que me incomoda é a arrogância .Infelizmente ela se apresenta diante de nós quase que diariamente , Vivemos em em uma metrópole onde predomina cada vez mais o individualismo , as pessoas estão muito neuróticas e muitas vezes se prevalecem de uma situação para agredir o outro Teria inúmero exemplos , mas o que mais tenho visto é no Supermercado , gente brigando , falando alto com a caixa , como se fossem donos do mundo . Eu própria já fui vítima dessa situação , é tratar de ir vivendo….Boa quarta , beijo
    Tereza .

  2. Constancia Branco

    Amanda, adorei o tema de hoje e a situaçao que voce descreveu, tive o desprazer de presenciar com voce!!realmente muita arrogancia e desreipeito com o proximo!.beijos

  3. Gosto de ler suas publicações .
    Sempre atuais e inteligentes .

  4. inteligentemente destacado o papel que a presença de platéia tem nas atitudes….

  5. Como sempre, adoro ler o seu blog, sempre com temas atuais e uma percepção
    clara! Adoro você bjs xxx

  6. Adorei, Amanda! Muita gente precisa deste suave puxão de orelha!
    Um beijo, querida!
    Maiara Levy

  7. Coberta de razão! Para variar….kkkkkk beijo grande.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s