O melhor amigo da realização é a perseverança

Falamos na semana passada que ao exigirmos de nós mesmos a perfeição, muitas vezes atrasamos a realização de algo que poderia ter sido feito e não foi concluído por esperarmos sempre que estivesse perfeito.

Mas vimos que a chamada perfeição não existe.

Para realizarmos algo, temos que persistir.

O melhor amigo da realização é a perseverança.

Não é nada fácil perseverar no que queremos e nos propomos fazer, pois a diversidade de obrigações é sempre enorme.

Na nossa vida pessoal, temos que manter todas as obrigações com a família, com a nossa casa, compras e manutenção em geral.

Na nossa vida  social, gostamos de atender aos convites de pessoas queridas, e que se preocupam conosco e nos dão a honra de quererem a nossa presença em seus eventos, e temos também o prazer de convidar amigos queridos.

Na nossa vida profissional, que obviamente nos toma muito do nosso tempo e tem que tomar, uma vez que nos propusemos a fazer algo, temos a obrigação de tentar concluir, realizar. Os resultados são esperados pelos clientes, sejam de que natureza forem.

E é ai que entra o fator determinação e perseverança.

Se escolhemos uma determinada atividade, os fatores externos não podem e não devem ter a mínima influência na execução das mesmas, pois terceiros nada têm a ver com os nossos problemas.

Tenho exemplos aqui em nossa casa, noto que nossos colaboradores executam as funções para as quais estão determinados sem expor seus problemas pessoais como desculpas para deixarem algo sem fazer.

Nunca se queixam de que tiveram problemas com sua locomoção, tudo é feito com naturalidade, insistem consigo mesmos para que tudo esteja cada vez melhor.

Eles têm a característica de perseverar até desenvolverem o que se propuseram.

Todos queremos os resultados aos quais nos propomos e, para que isso aconteça, temos que perseverar no princípio do cumprimento de nossa palavra. Se prometemos algo ou nos comprometemos a fazer algo, a solução é tentar cumprir, aliás é o mínimo, a meu ver.

Para mim, o termo perseverança está muito ligado à luta que sempre empreendemos quando queremos realizar.

O sucesso e a conquista têm muito pouco a ver com a ilusão da perfeição, mas sim com a determinação de não falhar, de manter a garra, de realizar o objetivo.

Meu pai, o escritor Alberto Montalvão, dizia:  “Quem está errado, tem que combater a si próprio.  Quem está certo, tem que combater o mundo”.

Mesmo que não sejamos tão radicais, temos que desenvolver nosso espírito de luta, perseverar em nossos ideais, ou nada realizaremos.

Meu pai, mesmo, foi um grande exemplo.

Sua família perdeu os recursos de que dispunha e ele foi trabalhar como barbeiro.

Eu não vivi essa fase, pois quando nasci ele já havia estudado um pouco, e cresci acompanhando sua luta, perseverança no que almejava toda a sua vida.

Estudou, se formou em direito, fez psicologia, começou a compor, fez lindíssimas músicas, e depois começou a escrever, o que desenvolveu pelo resto de sua vida.

Escreveu mais de 40 livros de psicologia, aplicada a relações humanas, consciência de força, a força da mente e da vontade que impulsiona qualquer pessoa.

Muitas vezes, temos que mudar o rumo de nossas pretensões profissionais, seja por falta de oportunidade na nossa escolha inicial, ou porque mudamos de cidade ou país.

Portanto, se preciso for, mudemos de profissão, de atividade, nos empenhando sempre para realizar aquilo a que nos propusermos, com muita perseverança e espírito de luta.

Abraços e bom domingo,

Amanda

Anúncios

Publicado em dezembro 16, 2012, em Inteligência Social e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Thierson Barros

    Amanda, poderia compartilhar no blog algumas músicas que seu pai fez?

  2. Que acerto quando vc fala na “ilusão de perfeição”…

  3. Amanda Querida,
    muito bom, temos que seguir esses exemplos, suas palavras são muito sábias e inspiradoras., bjs e estamos com saudades, vamos nos ver esse ano ainda.
    Cida

  4. Querida Amanda, como sempre, voce define muito bem as coisas… Gde bjo

  5. Como sempre, querida Amanda, voce diz, ou seja, escreve coisas muito verdadeiras, ao meu ver… Gde bjo!! PRIM.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s