Lamentação

Lamentar pode ser um hábito.

Reparem que tem pessoas que, sem nenhum fundamento ou motivo, passam o tempo se lamentando, e com isso deixando de usufruir o que  possuem de bom e de interessante.

É uma característica que poderia e deveria ser combatida no sentido de encarar as coisas boas da vida e, dessa forma, ter uma convivência mais alegre.

Claro que todos passamos por momentos de aborrecimento, de tristeza, de ansiedade, e temos que ter o discernimento entre aquilo que merece nosso lamento e o que simplesmente vemos que vai passar.  Mesmo porque as pessoas, por mais amigas que sejam, dificilmente poderão resolver nossos problemas, nossos momentos mais difíceis, nossa luta diária.

Tem gente que, por mais que a vida lhe tenha dado, nunca está feliz.  O lamento faz parte constante de suas conversas e não tem nada que a satisfaça.

Esse tipo de pessoa, já escutei muito, quando se aproxima de um grupo, alguém observa, às vezes até em alta voz:

“Lá vem o urubu”.

E para ganhar essa fama, não precisa muito.

Todos sabem que ela jamais teria motivos para ver tudo sob um ângulo tão desagradável.  Possui tudo o que precisa para viver bem nesta vida, mas lhe falta a visão para mudar sua atitude e reconhecer o que a vida lhe tem dado.

Mas o tipo lamentoso encara qualquer situação de forma negativa, encontrando defeitos e frustrações em tudo.  Só que ele não percebe que isso lhe acarreta, como consequência, a má vontade de todos que têm que lidar com suas queixas constantes.

Não há paciência que suporte uma atitude permanente de queixas, principalmente quando essas são injustas e provocativas.

E, mais ainda, a arte de lamentar-se pode se tornar um hábito doentio, pois quem se lamenta o tempo todo, não costuma achar graça em nada e as lamentações potencializam sua posição de vítima.

O “lamentador” nunca constrói nada, porque não tem essa mentalidade imbuída no seu espírito.  Ele é compelido, sem que o saiba, somente para achar falhas, defeitos, omissões em tudo o que se lhe apresenta.

Claro que temos a obrigação e o dever de ouvir problemas reais de amigos que confiam em nosso discernimento para ajudá-los na solução de algumas situações.  Mas isso é bem diferente de lamentadores crônicos, que nunca estarão dispostos a ouvir opiniões bem estruturadas e equilibradas.

Esse tipo parece que foi treinado para isso.  Só que enquanto se lamenta, não percebe que a vida está seguindo seu rumo e ele está perdendo o tempo e a oportunidade de lutar pelo que realmente quer alcançar.

Abraços e bom domingo, sem lamentações 🙂

Amanda

Anúncios

Publicado em maio 5, 2013, em Inteligência Social e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 9 Comentários.

  1. maria ines dal borgo

    E verdade ..lamentacoes so atraem mas energias…Gente positiva e outra coisa…aprendi com meu guru de yoga que “nothing is wrong” ..nada esta errado…apenas parece…..

  2. Neida kneubuhler

    É Amanda os lamentadores são pessoas que aínda não se encontraram vivem na escuridão da vida ! Beijos amiga e saudade . Você como sempre dando seu super testemunho !!!

  3. Aprendemos muito com o casal Delboni,tudo é lindo e maravilhoso.
    Saudades.
    Antônio e Nilda.

  4. Uma vez vi uma passagem do Professor Lair Ribeiro que sucesso é: “o encontro da oportunidade com a capacidade.” E certa vez perguntaram a um grande empresario: quando ele precisa de alguém pra fazer um trabalho pra ele, qual o tipo de pessoa que ele procurava e ele respondeu: “As mais ocupadas, porque são as mais ocupadas que sempre tem tempo pra algo a mais… O desocupado nunca tem tempo pra nada.
    E pra finalizar digo que só existe uma pessoa capaz de fazer alguma coisa por ela mesma. A própria…
    Então não temos tempo de lamentações e de sentir pena de nós mesmo, temos que ir a luta…
    Acredite em você, acredite que você tem uma força quem muitas vezes nem nós sabemos o tamanho dela.
    Amanda belo artigo “Lamentações”
    Gente acredite em Deus porque tenho certeza que ele acredita em você.
    Jurani Parente
    http://www.adaxpublicidade.blogspot.com

  5. Adorei ótima semana bjs anete

  6. E você sabe piedosamente lidar com os lamentadores, já vi…

  7. BELLA TALERMAN ZILBOVICIUS

    Man querida bom dia!!!!
    falando em lamentação
    há muitos anos atrás uma familia amiga foi morar em Israel
    qdo da 1ª visita a sampa o homen da casa veio me visitar na loja
    então ele me ensinou algo bem israelense :ao entrar no elevador o vizinho te pergunta”como vai”?
    vc. responde:ÓTIMO,TUDO ÓTIMO!!!!!
    e uma resposta q não tem nova pergunta
    ninguem quer saber porque vc. está ótimo
    é uma palavra q já diz tudo
    sem LAMENTAÇÕES!!!!
    abraços e votos de bom domingo p/ vcs,Bella

  8. Hoje não dá pra lamentar, querida Amanda! Está um belo dia de sol!
    Amanda, os lamentadores são medíocres. Se não o fossem, poderiam aproveitar sua imensa capacidade de nos transformar em muro de lamentações, em algo positivo, arte, por exemplo. Quantos gênios não descarregaram seus lamentos em literatura, e belíssimas pinturas? Fernando Pessoa..me vem à lembrança.
    Entretanto, lamentar-se é um costume atávico de algumas Igrejas que fazem seus fieis acreditarem que este mundo é um vale de lágrimas, É também um costume oriundo de superstições embutidas nas nossas cabeças..beijos

  9. Amei como vc escreveu sobre lamentacao, realmente e a pura verdade. ,estas pessoas passam pela vida, e, nao desfrutam nada, so ficam se queixando. bjs, e parabens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s